quinta-feira, 18 de março de 2010

Kibori (Kokuji)

Hoje, variando um pouco de assunto e deixando o origami em stand by, resolvi falar sobre Kibori, também chamado de Kokuji. Não sei muita coisa sobre essa forma de arte, pois fiz apenas duas aulas, mas é uma atividade interessante, relaxante, que se aproxima da escultura em madeira.


Esse é o meu primeiro Kibori. Feito em duas aulas (aproximadamente 8 horas), com materiais emprestados pela minha madrinha e pelo meu primo Claudio, kanji escrito pelo sensei e pintado com "tintas" do Kenjinkai.

Algumas explicações: Kenjinkai é uma associação relacionada a uma respectiva província do Japão. A aulas são ministradas na Associação Centro Social Ibaraki do Brasil, que seria o Kenjinkai da província de Ibaraki. Minha relação com a província de Ibaraki é que meu avô materno é natural de lá. "Tintas" está entre parênteses porque não sei se realmente são tintas, ou outro produto utilizado para dar cor à madeira.

O tema principal do Kibori são os kanjis (isolados ou formando palavras) e levam a assinatura do autor. Ainda não tenho muito conhecimento sobre Kibori para montar um texto explicativo sobre essa atividade, e não encontrei muita informação na internet. Receio que a maior parte da bibliografia sobre o assunto seja em japonês, o que dificulta o entendimento (pois é, não entendo o idioma mesmo sendo descendente, sei apenas algumas palavras). O que posso dizer é que experimentei e estou gostando. Assim que tiver mais informações ou mais fotos voltarei a postar sobre Kibori. Até mais...

Nenhum comentário: